Sobre o Luthier

Sou administrador de empresas, luthier e musico, e minha oficina fica em Aldeia da Serra, no municipio de  Santana de Parnaíba/SP.

Meu envolvimento com a musica já vem de muitos e muitos anos, e aqueles que me conhecem sabem que  os instrumentos musicais são minha grande paixão.

Comecei a me interessar profissionalmente por luthieria em 2004, e após ter lido uma dezena de livros importados sobre o assunto, decidi construir minha própria guitarra. Surfando na web encontrei e comprei um plano de construção de um modelo Rickenbacker. Após semanas pesquisando e perguntando nos pouquíssimos fóruns existentes no Brasil, consegui a indicação de um lugar em São Paulo onde poderia encontrar o freixo (ash), o ácero (maple), a imbuia, e o ébano que iria precisar para construir a guitarra. A madeira era vendida em pranchas, não havia nenhum serviço na loja, e até hoje ainda não sei como consegui traze-las para casa em um carro de passeio comum. Sem local, máquinas, e ferramentas apropriadas, iniciei a minha jornada que não teria volta e me levaria a conhecer pessoas de diversos países, em busca da realização do sonho de construir o instrumento perfeito, que falasse aos olhos, às mãos e aos ouvidos.

Meu primeiro instrumento não foi uma obra-prima, longe disso, mas foi o primeiro de uma série de degraus que, passo a passo, venho galgando nos últimos 13 anos. Depois dele montei um kit de violão da Stewart-McDonald’s que tenho até hoje, e que me deu a certeza de que se eu me esforçasse seria capaz de fazer algo realmente bom. Algo que sobrevivesse à mim e que daria muitas alegrias a quem fosse o seu dono. Por mais paradoxal que possa parecer, para mim construir um instrumento é plantar uma árvore.

 

Construo instrumentos um de cada vez, cada qual com seu objetivo especifico de timbre, visual, ergonomia e funcionalidade, de acordo com o que ficou combinado com o cliente. Em tudo o que eu faço procuro aplicar os melhores materiais e métodos a quem tenho acesso, de modo a produzir instrumentos que atendam ao padrão de qualidade de nível internacional, nos mínimos detalhes.

Minha oficina é bem equipada com máquinas, ferramentas e suprimentos, de modo que consigo aplicar todo o conhecimento que adquiri no treinamento que recebi nos EUA no ano de 2007, quando frequentei a Roberto-Venn School Of Luthiery, em Phoenix,AZ-EUA, que me graduou  luthier certificado.

 

Além de luthier também sou músico, tendo começado a tocar violão aos quinze anos e tocado com muita gente desde então. Não tenho dúvidas de que o conhecimento musical me ajuda muito na busca da construção do instrumento perfeito, pois como músico tenho também necessidades que em muitos casos não são atendidas pelos instrumentos disponíveis no mercado. Aspectos como tocabilidade, facilidade de manutenção, design e inovação, peso e ergonomia, sem falar é claro em timbre, projeção, volume, definição, balanceamento e clareza sonoros, entre muitos outros, são aspectos frequentemente subestimados pelas fábricas, em detrimento de fatores mais facilmente reconhecíveis pelo consumidor, como acabamento, estilo e preço. Não estou dizendo aqui que estes também não são aspectos importantes, mas sim que não são os únicos importantes. Um instrumento perfeito deve sê-lo em todos os detalhes. É assim que eu faço a minha luthieria, e convido você a juntar-se a mim em um novo projeto de instrumento. 

 

Estou à sua disposição!

A escola Roberto-Venn School of Luthiery está localizada em Phoenix,AZ-EUA, e forma já a quatro décadas luthiers que são procurados e empregados pelas melhores fábricas de instrumentos de cordas do mundo. A lista inclui Fender, Gibson, Santa Cruz, Paul Reed Smith, Taylor, Renaissance, Warmoth, apenas para citar alguns mais famosos. É a única escola local de luteria autorizada pelo governo norte-americano a oferecer cursos profissionalizantes. O programa de aprendizado, em período integral, é bastante extenso e cobre todas as fases de construção de violão, bandolim, guitarra e contra-baixo elétrico, bem como todos os tipos de reparo e manutenção necessários ao seu bom funcionamento. Além das aulas ministradas pelo experiente corpo docente da escola, sob supervisão direta de Willian Eaton (luthier consagrado por seus instrumentos impecáveis e músico indicado ao Grammy, categoria new-age instrumental) e John Reuter (Reuter Guitars, usados por musicos como Jorma Kaukonen-Grateful Dead e Joe Myers, entre outros), são recebidos convidados ilustres como Rick Turner, Frank Ford, Muriel Anderson, Bob Benedetto, Seymour Duncan, Tom Ribecke, entre outros, para palestras e workshops.

A lista de ex-alunos notáveis inclui luthiers consagrados como Michi Matsuda, Jason Kostal, Jason Lollar, Mario Beauregard, Steve Anderson, entre outros.

Para saber mais, o website é www.roberto-venn.com.

Sobre a escola

Roberto-Venn School of Luthiery
2010 - presente
2010 - presente